População Religiosa nos finais de Setecentos, em Valença

António Mourão
30 de outubro de 2020
Religião anos Setenta
O Alto Minho, nos finais do século XVIII, integra-se na diocese de Braga, em que a comarca eclesiástica de Valença constituía uma grande parte.
Havia:
- Clero secular constituído pelos párocos e outros clérigos;
- Clero regular constituído por frades e freiras dos conventos, e
- confrarias e misericórdias.

O condutor espiritual da freguesia era o pároco que cimentou a unidade do povoado e, segundo Alberto Sampaio, “Vivendo entre o povo, e ligado a ele por íntimas relações em virtude do seu ministério, após a queda visigótica, o abade tornou-se o centro da gravidade desses pequenos núcleos de população; não os deixando desunir, foi transformando, pouco a pouco, a antiga unidade agrária na nova freguesia.” (in “Estudos Económicos – As Vilas do Norte de Portugal”, p. 141)

Custódio Vilas Boas, em 1794, refere que no Alto Minho existiam 1778 eclesiásticos, dos quais 337 eram párocos. Nesta data em Valença haveria 8 147 habitantes e 12 párocos e 61 clérigos.

No Alto Minho, 19 casa conventuais de religiosos do sexo masculino e 6 do sexo feminino em que a maior implantação regional era de Beneditinos e Franciscanos.

Em média, os masculinos tinham um número de frades de 17 e os femininos de 32.

Em 1802, Santa Maria de Mosteiró tinha 16 frades, 3 leigos, 2 donatos e 2 moços e Salvador de Ganfei tinha 9 frades, 1 leigo e 12 donatos.

As confrarias, de origem medieval, organizadas em volta de um orago, zelavam pelos rituais do enterro dos irmãos, intercediam ao Divino pelas suas almas e asseguravam o culto ao santo da sua devoção com romarias e procissões.

Em 1792, Sanfins havia 6 confrarias que tinham 7 031 633 réis de capital e juros e 640 862 réis de renda anual. Nesta época Valença tinha misericórdia e hospital, onde trabalhavam 7 frades Hospitalários de S. João de Deus.

Adicionar comentário

Siga-nos

Leia as últimas notícias através das redes sociais!

Receba as últimas notícias!

Enviamos via e-mail diretamente par si.

PUB
PUB

Instagram

Últimas nas Redes