Festival de teclados IKFEM inicia hoje

Festival da Eurocidade Valença-Tui, IKFEM, cruza músicos portugueses e espanhóis

Redação
2 de outubro de 2020
Festival de teclados IKFEM inicia hoje
A 8.ª edição do Festival IKFEM - International Keyboard Festival & Masterclasse, começa hoje, dia 2 às 21h00 e termina a 11 de Outubro.
O primeiro concerto é no Teatro Municipal de Tui e conta com os portugueses Quarteto Contratempus. O grupo vai apresentar um espectáculo de enorme singularidade estética que tem como premissa a recriação e reinvenção do repertório da música tradicional portuguesa, da Galiza ao Alto Douro, Douro Litoral e Trás-os-Montes, passando por Miranda do Douro. Canções e textos originais somam-se a este conhecido repertório, num concerto intitulado "Variações a partir de um coração", que cruza a música e a encenação.
No domingo, pelas 20h00, a Igreja de Santo Domingo de Tui acolhe uma viagem pela música barroca com a dupla Eutherpe, que junta o violiono da portuguesa Ângela Neto Domingues com o cravo de Erea Blanco Balvís, no espectáculo "O violino e o teclado: um olhar sobre o Barroco".
No dia 7, o Teatro Municipal de Tui recebe a soprano Ainhoa Arteta, que partilha o palco com o pianista Javier Carmena, numa viagem pela memória colectiva através das canções de grandes autores do repertório espanhol como Enrique Granados, Antón García Abril e Ernesto Halffter, e os argentinos Carlos Guastavino e Ariel Ramírez.
No dia 10, o Auditório do Centro de Inovação e Logística de Valença vai receber o Trio Casperveck, liderado pelo pianista Brais González, que vai musicar ao vivo o filme mudo de Buster Keaton, "O Marinheiro de Água Doce".
No último dia, 11, é a vez de Carlos Núñez estrear o espectáculo "Cantigas Sacras Galaico-Portuguesas" com Pancho Álvarez, Daniel Pereira e o trio português Ensemble Med, na Catedral de Tui.

O IKFEM este ano devido à pandemia, reinventa-se tendo sempre como ponto de partida a Eurocidade Valença-Tui. Em parceria com a Afundación, Obra Social do ABANCA, o festival criou o IKFEM Digital para dar oportunidade a músicos profissionais, portugueses e espanhóis, de partilharem o seu trabalho e a sua experiência de vida durante o confinamento. Nesta primeira edição em formato digital vão ser apresentados cinco concertos em streaming no canal da Afundación TV nos dias 3, 5, 6, 8 e 9 de Outubro. Os projectos selecionados foram: Emilio Villalba e Sara Marina, músicos especializados na recuperação de músicas e instrumentos históricos; Galifunk Brass, influenciados pela cultura norte-americanda, pelo funk, soul e R&B; Pablo Lesuit, multi-instrumentista e cantor indie; Paraíso Canto, o grupo que junta Gabi Reboredo e Martiño Malleiro à música tradicional; e Versos Versus Virus, um projecto que nasceu durante o período de confinamento pela mão de Juan José Bustos Pérez e que teve como ponto de partida a poesia.
 
O IKFEM adoptou todas as medidas de segurança necessárias para manter a #CulturaSegura.
 

Adicionar comentário

Siga-nos

Leia as últimas notícias através das redes sociais!

Receba as últimas notícias!

Enviamos via e-mail diretamente par si.

PUB
PUB

Instagram

Últimas nas Redes