População Valenciana (III)

António Mourão
11 de setembro de 2020
População Valenciana (III)
Parece que a aristocracia portucalense consolidou o poder e, também, expandiu o povoamento na região a sul do rio Minho.

Na última década do século XVIII, para o Minho, apenas se efectivou um recenseamento, que data de 1794-1795.
 
Em 1800, há um manuscrito, da autoria de Vilas Boas, respeitante ao Alto-Minho e indicando a população das vilas e concelhos das comarcas de Valença e Viana.

O Minho, em 1801, com 8% do território, multiplicou a população quase três vezes e meia, passando de um quinto para um quarto dos habitantes do reino. Tinha uma densidade populacional de cerca de 100 habitantes por km2.

Rebelo da Silva calculou que a proporção entre besteiros do conto e o total da população era de 1 para 213. (“População e a Agricultura de Portugal desde a Fundação da Monarchia até 1865”, Parte I)

Para a região “d’Antre Doiro e Minho” o número era de 590 besteiros. Tendo em consideração a proporção acima referida a população total seria de “125.670 almas” [=habitantes] e para Valença eram 16 besteiros, o que, na mesma proporção, teria 3.408 habitantes. (Ordenações Afonsinas, I, tit. 69, § 30)

No tempo de D. João I, Valença teria 3.400 habitantes. (Rebelo da Silva, ob. cit.,pág. 46)

Valença teria, em 1527, 866 fogos (= habitações); em 1706, 2 675 fogos; em 1758, 3100 fogos e, em 1835, 2 729 fogos, tendo Sanfins 539 fogos. (“II Encontro – População Portuguesa, História e Prospectiva”, Porto 1996, pág. 81 e 86)

No século XVI a população de Valença decaíra. (Rebelo da Silva, ob. cit., pág. 57)

Valença, em 1794, teria 28 449 almas (=habitantes) e, em 1801, 28 350 habitantes. (“II Encontro – População Portuguesa, História e Prospectiva, Porto 1996, pág. 83)

Da Comarca de Valença fizeram parte outras freguesias que retiramos e tentamos acrescentar as freguesias do Concelho de Sanfins que, durante algum tempo, fazia parte da população de Viana do Castelo.

No recenseamento de 1960 podemos ler, a pág. 188, as seguintes referências:

- “Por decreto de 12-1-1898, foi desanexada desta freguesia o lugar de Aldeia, que passou a pertencer à freguesia de Lara, do concelho de Monção.”

- “Nos censos de 1864 a 1930 figura Silva – São Julião. Pelo decreto-lei nº 27 424, de 31-12-1936, foi-lhe dada a designação actual.”

- “No censo de 1864 figura Torre. Por decreto de 14-12-1900, passou a fazer parte desta freguesia o lugar de Chamosinhos, da freguesia de Vila Meã, do concelho de Vila Nova de Cerveira.”

- “Nos censos de 1864 a 1930 figura Silva – Santa Maria. Pelo decreto-lei nº 27 424, de 31-12-1936, foi-lhe dada a designação actual.”
 

Adicionar comentário

Siga-nos

Leia as últimas notícias através das redes sociais!

Receba as últimas notícias!

Enviamos via e-mail diretamente par si.

PUB
PUB

Instagram

Últimas nas Redes